OS INÉDITOS
Esta seção mostra fatos interessantes e comentários de alguns dos episódios de Chaves e Chapolin que não são vistos no Brasil.

O Alfaiatezinho Valente [El Sastrecillo Valiente], partes 3 e 4Cena do Alfaiate Valente, 3ª parte: o final dessa parte nunca foi exibido no Brasil. O episódio do Alfaiate Valente possui originalmente 4 partes. Só 3 delas foram exibidas no Brasil, sendo que a 3ª parte foi cortada pelo SBT minutos antes de acabar. Aliás, sempre achei estranho a emissora nunca exibir essa parte até o fim. Parece que eles não têm o final da parte ou que ela se estragou com o tempo. Ou ainda, por ser uma continuação atrás da outra, os episódios do alfaiate não estariam dando audiência gerando antipatia no público, o que explicaria o corte. Cena da 4ª parte do episódio do Alfaiate Valente. Mas aqui você vê o final da 3ª parte: o gigante seqüestra a princesa (Florinda Meza) e a leva para o seu castelo. Já a parte 4 é ineditíssima. Na foto do lado direito pode se vê-la e ela é surpreendente: pode se perceber que o Chapolin Colorado chega a participar da história, pois sabia-se pelas partes do episódio do Alfaiate Valente exibidas no Brasil que ele apenas contava a história. Ele seria uma espécie de narrador-personagem. Nessa imagem ele aparece cantando para a população do reino de Tontolândia. A música cantada por ele se chama Campeón. Porém, Chapolin aparece só no final do episódio depois que o gigante (vivido por Edgar Vivar) fica com dó do amor entre a princesa e o alfaiate e decide ir embora. Aí o vendedor de vasos (Horácio Gómez Bolaños) diz uma frase: "Aí vem o Campeão!" e nesse momento chega Chapolin cantando a tal música. O fato do Chapolin participar nesse episódio já foi notado por chavesmaníacos. Em uma chamada do SBT foi mostrada a 4ª parte em que se via Chapolin cantando com algumas mulheres. Aliás, as chamadas do SBT já mostraram muitas imagens de episódios cancelados no Brasil (principalmente de Chaves) ou de episódios que foram dublados, mas nunca exibidos. Não se sabe se essa imagem da parte 4 era de uma chamada da Televisa, que era comum vir junto com os episódios, ou se era o próprio episódio que a emissora não exibe por supostos problemas. Não se sabe também se chegou a ser dublada. É até difícil saber porque não se ouvia o áudio da imagem na chamada do SBT.

Os Espíritos "Zombeteiros" [Espiritus Chocarreros], 2ª versão Dona Florinda, Dona Clotilde e Jaiminho recebem as mensagens dos "Espíritos Zombeteiros" Segundo Igor C. Barros, este episódio passou na internet pela TV América do Peru, no dia 4 de agosto de 2001, e é uma versão mais recente dos Espíritos Zombeteiros, aparentemente de 1981 ou 1982, porquê ainda não tem o Seu Madruga (sabe-se que ele voltou a vila em 1981). Nesse período Jaiminho já mora no apartamento da escada (ou seja, isso não aconteceu em 1990). Mas o interessante é que a sessão espírita acontece na casa da Bruxa do 71. O que se observa é que a casa da Dona Clotilde é realmente muito maior do que parece ser. A forma como ela está nesse episódio dá a impressão de que ela abocanha grande parte da casa da Dona Florinda vista na versão anterior deste mesmo episódio. Até a cozinha da casa da Bruxa do 71 apareceu. Este episódio também tem uma curiosidade: assim como na 1ª versão, cancelada no Brasil, o pessoal fala abertamente contra a religião espírita (ou espiritismo, como queiram). Dona Florinda, Prof. Girafales, Chaves, Dona Clotilde e Jaiminho reunidos na sala. É que no México, a maioria esmagadora da população é da religião católica, e por essa razão é como se fosse quase permitida a crítica às outras religiões. A história é igual a da 1ª versão. A diferença é que Jaiminho faz o papel do Seu Madruga e a sessão espírita é na casa da Dona Clotilde (na outra versão era na casa do Seu Madruga). Uma curiosidade observada é que, em 1981 ou 82, a Dona Clotilde já usava um chapéu diferente do que usou de 1971 a 1979, período "aúreo" do seriado. Ao invés do azul, ela usa um cor-de-rosa já visto no Brasil no então Clube do Chaves. Outra curiosidade é que, ao contrário da Bruxa do 71, a Dona Florinda e o Chaves permanecem com as mesmas roupas e formas físicas que os consagraram no período de 1971 a 1979. O aspecto da roupa dos dois e dos rolos no cabelo da Dona Florinda parecem ser de 1979, mesma epóca do início dos episódios no restaurante.

Os astronautas Cena do episódio dos astronautas nunca visto no Brasil.
Este episódio também só é visto por nuestros amigos latino-americanos, chamado de "os astronautas". Isso porque a história parece girar, principalmente, em torno da brincadeira de astronauta do Chaves, além do liga/desliga pelo Quico da chave geral de fornecimento de energia para a casa do Seu Madruga, o chamado switch ou disjuntor. Nesse episódio Chaves resolve brincar de astronauta e, como não tinha nave, faz do seu barril uma nave espacial. Pega várias madeiras do outro pátio para que seu barril se assemelhe a uma nave "interplatenária". O Quico resolve brincar com o Chaves e tenta ajudá-lo a ir à lua com o seu "barril espacial". No entanto, é aí que começam os problemas. Durante esse momento observa-se que o Quico desliga a chave geral de fornecimento de energia. Na verdade é um "faz de conta" do Chaves e do Quico. Segundo eles, o ato de desligar o switch simularia uma alavanca com a função de desprender a nave de seus compartimentos possibilitando o Chaves ir à lua. O problema é que essa brincadeira deixava a casa do Seu Madruga sem energia. Dá pra notar a confusão que deve ter acontecido.

Hector Bonilla, parte 1
Episódio com Hector Bonilla, parte 2. Infelizmente só essa parte é exibida no Brasil. Este é outro episódio de Chaves que envolve mistérios. O episódio que é visto no SBT, intitulado "Um astro cai na vila", com o ator mexicano Hector Bonilla, é na verdade a parte 2. A parte 1 nunca foi vista por aqui e o mistério em torno dela faz levantar algumas hipóteses: o SBT pode não ter comprado o episódio, o que o tornaria só visto mesmo em outros países; ou julgaram ser impossível de levá-lo ao ar, pois devia conter vários mexicanismos e inúmeras piadas envolvendo o ator, provavelmente incompreensíveis para nós brasileiros que não o conhecemos muito (inúmeras telenovelas dele, pela Televisa, foram exibidas pelo SBT o que desmentiria isso), assim como sua participação no cenário artístico mexicano do final dos anos 70, o que tornaria, desse modo, a dublagem forçada e incompatível. O interessante é que o episódio visto aqui foi dublado como se fosse uma parte única. Dão a entender como se fosse a sua primeira aparição. Porém sempre estranhei um fato: no episódio visto aqui (a parte 2), no início, parece haver reminiscências sobre a parte 1, como no momento em que o narrador diz algo, mais ou menos como "Vamos ver como foi recebida a passagem de Hector Bonilla sobre o pessoal da vila". Aí colocam uma sequência de imagens cortadas que deixam muitas coisas sem nexo, levando a suspeita de que são do episódio anterior. Por isso você pode notar que o começo da história ficou meio estranho, pois o narrador comenta fatos de quando Hector já estava na vila como o beijo dele na Dona Clotilde e o desmaio dela. E é somente na segunda parte da história que Dona Florinda e a Chiquinha vêem o ator. Há a possibilidade dos dois episódios terem sido fundidos pelo SBT, o que explicaria essa super confusão.

A venda da vila, parte 2
Episódio da venda da vila 1ª parte: exibido no Brasil Episódio inédito da venda da vila, parte 2 O episódio da venda da vila só foi exibido sua 1ª parte. Aqui você vê a parte 2. Na foto da direita, que é da 2ª parte, pode se ver todos da vila se esquivando e olhando para dentro da casa do Seu Madruga, sinalizando que está acontecendo algo de estranho ali dentro. Sinceramente eu não sei o que estavam vendo, pois todos os personagens estão fora da casa do Seu Madruga, inclusive o Senhor Calvillo. Em uma outra foto podia se ver o Senhor Calvillo junto à Dona Florinda, Prof. Girafales e Dona Clotilde na casa do Seu Madruga, mas ele não é visto na imagem. Mesmo os que não assitiram esse episódio têm pelo menos uma certeza: a vila não ficou com o "carequinha". Isso por quê o cardiograma tirado pelo Seu Barriga estava errado e, sendo assim, não fazia mais sentido vender a vila. Foi, então, desfeito o negócio.

Para saber mais veja o resumo do episódio "A VENDA DA VILA PARTE 2" feito por Mestre Maciel do site TURMA CH.

O lobisomem, 1ª versão
Episódio do Lobisomem, 1ª versão O episódio mais conhecido é aquele em que Carlos e Florinda chegam a uma casa pedindo hospedagem, pois se perderam de um grupo de turistas (no final desse episódio Chapolin lê no jornal: "Corinthians ganhou do São Paulo por 3 a 1"). Entretanto, o homem da casa (Rubén Aguirre) não deseja que eles fiquem lá por causa de um suposto lobisomem, interpretado por Ramón Valdéz. O episódio da foto é também do lobisomem, mas é a versão mais antiga. A história é idêntica a da 2ª versão.

Jaiminho fotógrafo
Este é mais um episódio nunca exibido no Brasil: Jaiminho fotógrafo. O episódio data do início da década de 80 (provavelmente 1980 ou 1981), pois Ramón Valdéz ainda não havia voltado à série (ele volta em 1981), Chespirito ainda possuía a mesma forma física e uniforme dos episódios do restaurante, Jaiminho também não havia mudado nada (mas já morava na vila) e Chiquinha já havia adotado seu novo visual, com franjinha e gola amarela, tal qual nós a vimos no Clube do Chaves. O episódio, como vocês podem notar, é uma versão recente daquele episódio em que o Seu Madruga é um fotógrafo. Só que aqui o carteiro de Tangamandápio é que está exercendo a função.

Casa da Bruxa do 71, 2ª versão
Essa é uma versão mais recente do episódio da Casa da Bruxa do 71 com Nhonho ao invés de Quico. O episódio data de 1981 ou 1982 mais ou menos, pois Chiquinha e Dona Clotilde já estão com o visual Clube do Chaves (Chiquinha com um penteado diferente e gola amarela e Dona Clotilde com chapéu cor-de-rosa). Destaque para a participação de Seu Madruga, que havia voltado a trabalhar com Chespirito depois de atuar com Carlos Villagrán na Venezuela.

O Festival da Boa Vizinhança parte 4
Os episódios do Festival da Boa Vizinhança só foram exibidos até a parte 3 pelo SBT. Talvez o SBT tenha o último episódio do Festival da Boa Vizinhança (a parte 4) e não o transmite talvez porque a dublagem tenha deixado algumas coisas em espanhol já que neste episódio há poemas representados pelos integrantes da vila e trocadilhos que seriam difíceis de traduzir. Como por exemplo, há o poema em que a Dona Clotilde faz bastante trocadilhos com a palavra Ramón (nome do Seu Madruga no original em espanhol). Nesse episódio Seu Madruga também interpreta uma canção, Quico faz um número de mágica e Dona Florinda e o Professor Girafales interpretam uma zarzuela (pequena ópera, de música leve e cujo entrecho geralmente tem feição cômica).

Quico faz papel de mágico. Dona Clotilde recita um poema para o Seu Madruga. Professor Girafales e Dona Florinda atuam uma zarzuela.

Imagens de episódios inéditos de Chaves e Chapolin presentes em chamadas e vinhetas do SBT
1- Chapolin está ao lado de um barril azul e este explode;

2- Chapolin está no colo de um rei;

3- Chapolin luta contra um boneco de palha;

4- Chapolin está numa casa com Florinda que estava com bobs e vestida de amarelo;

5- Chapolin está numa casa (aparentemente um episódio de 1970. A imagem tem áudio);

6- Chapolin bate com uma mala em Ramón Valdez;

7- Chapolin está num casamento e recebe uma torta na cara;

8- Chaves, Seu Madruga, Chiquinha, Quico e Dona Florinda estão de mãos dadas olhando para a câmera;

Cena do episódio inédito dos piratas em chamada do SBT. 9- Chaves joga a bola para Quico e olha para câmera dizendo: "Não perca após meu programa a novela Brasileiros e Brasileiras!" Essa novela do SBT era de 1990;

10- Os piratas (Chapolin está numa prisão com um monte de piratas, mas são cenas diferentes daqueles dois episódios com os piratas Alma Negra, Matador, Lagartixa e Pança Louca. Talvez o episódio seja da década de 80). Veja ao lado a imagem desse episódio colocada em chamada do SBT;

11- Os ovos podres, versão 1 (com Carlos Villagrán);

Cena do episódio inédito da casinha do Quico versão 1 colocada em vinheta do SBT. Outra cena do episódio inédito da casinha do Quico na mesma vinheta. 12- Em uma vinheta do SBT em que uma família interage com televisores colocados em vários locais apareceram imagens de um episódio de Chaves inédito no Brasil: a casinha do Quico primeira versão. É possível ouvir o áudio desse episódio. Pelo jeito ele é de 1974, pois não se vê a Chiquinha que havia saído dos programas de Bolaños;



13- Na divulgação dos novos horários dos seriados em maio de 2003, o comercial de Chapolin trouxe mais imagens desconhecidas (veja as duas fotos abaixo), também com som, provavelmente dubladas no lote de 1990, mas que provavelmente só o pessoal da MAGA as conheciam aqui no Brasil.

DESCOBRIMOS!!!!!!
O nome original do episódio das fotos abaixo é No es lo mismo "La casa se cae de vieja" que "La vieja se cae de la casa". Foi gravado em 1978.

Episódio não exibido no BrasilEpisódio não exibido no Brasil

Cena de episódio inédito da década de 80 com Ramón Valdez. Que episódio é esse?
A imagem ao lado é de um episódio de Chaves inédito no Brasil. Pelo jeito é um episódio da década de 80. Isso pelo fato da Chiquinha estar com o visual dos episódios da década de 1980 (franjinha no cabelo, vestido com gola amarela e um laço amarelo). O surpreendente é que Ramón Valdez está ao lado dela. E isso nos faz supor que o episódio é da época em que Ramón Valdez voltou aos seriados de Roberto Gómez Bolaños, ou seja, entre 1981 (época em que regressou) e 1983 (época em que saiu de novo).


Outros episódios inéditos de Chaves e Chapolin no Brasil
1- Chapolin no estúdio cinematográfico - partes 1 (primeira parte) e 6 (última parte)

2- Branca de Neve e os sete Tchuin tchuin tchunclain - parte 3 (última parte)

3- Chapolin e os piratas (Alma Negra, Matador, Lagartixa e Pança Louca) - parte 3 (última parte)

4- Chapolin no circo (Episódio com a música "Los payasos". O episódio nunca foi exibido no Brasil, mas há uma versão da música em português. Ela se chama "Amigos palhaços" e foi lançada no disco do Chaves em 1992)

5- O Festival da Boa Vizinhança - 2ª versão (com a Dona Edwiges, substituta da Dona Clotilde)

6- O terno do tio do Seu Madruga (tio Jacinto) - 2ª versão (também com a Dona Edwiges no lugar da Dona Clotilde)

7- Festa à Fantasia - 1ª versão (Ramón Valdéz está no elenco. A versão vista no Brasil é de 1980, época em que Ramón Valdéz já havia saído dos programas de Chespirito)

8- Episódio final do Chapolin (de 1979. Na verdade chama-se "episódio final" porque em 1979 Chaves e Chapolin acabaram como programas individuais e passaram a ser esquetes de um único só programa: o programa Chespirito)

Cena de episódio inédito do Chapolin gravado em externa. 9- O regresso do Seu Madruga (de 1981)

10- Chapolin resolve problema em uma oficina mecânica [taller] (Foi gravado em externa, isto é, fora do estúdio. Pela foto do episódio ao lado parece que Carlos Villagrán é o malfeitor que rende com um revólver o Chapolin, Rubén Aguirre e Florinda)

::Veja as fotos desse episódio::

___________________

Webmaster: Igo Ralph

Créditos da seção: Igo Ralph, Bruno Sampa, Igor C. Barros, Javier Portugués e Estebán Portugués e site Turma CH.


© 2005 IGO RALPH DA SILVA CASTRO - BRASIL
Chaves, Chapolin e as demais séries são propriedades de Roberto Gómez Bolaños e de Televisa San Angel - MÉXICO
Séries surgidas na década de 1970 no México
EL CHAVO DEL 8 BRASIL - as páginas deste site são propriedades de seu criador

página inicial