HISTÓRIA NO BRASIL
A história completa das séries Chapolin e Chaves no Brasil transmitidas desde 1984 pelo SBT.

  SBT  Os seriados Chaves e Chapolin se transformaram em um grande sucesso da TV brasileira. Mas a história desse sucesso só foi possível por um fato: os seriados de Roberto Gómez Bolaños foram comprados por muitos países na década de 70 enquanto outros ainda na década de 80 não haviam vistos esses seriados. A Televisa, então, mandou para esses países, junto com as novelas, alguns episódios de "Chaves", "Chapolin", "Dr. Chapatín" e "Chómpiras e Peterete" como brinde. O SBT, como grande comprador de "produtos" da Televisa, recebeu de brinde esses seriados. Silvio Santos (o dono do SBT, como você bem sabe) na certa deve ter gostado desses seriados quando os assistiu e resolveu mandar dublá-los e exibi-los como teste. Silvio Santos apostou no sucesso dos episódios enquanto muitos indivíduos importantes do SBT apostaram no fracasso. Mas para a felicidade da nação chavesmaníaca, após um certo período de exibição os episódios estavam dando uma boa audiência.

Detalhe de disco do Programa do Bozo de 1986. E esse sucesso ocorreu exatamente no ano de 1984. Segundo muitos sites de chavesmaníacos e chapolinmaníacos, esses seriados apareceram pela primeira vez no SBT no programa BOZO em agosto de 1984 (segundo o SBT foi no dia 24 de agosto de 1984 no programa POWN). E o primeiro episódio exibido foi aquele em que Chaves caça lagartixas.

Bem, durante toda segunda, quarta e sexta o SBT transmitia Chaves e toda terça, quinta e sábado transmitia Chapolin. Como já foi dito, as séries deram muita audiência. Durante três anos (1984, 1985, 1986), Chaves e Chapolin permaneceram com a sua exibição pelas manhãs nos mesmos dias no programa do BOZO. Mas, precisamente em 1987, Chaves começou a ser exibido também em horário nobre (às 20h) toda terça e quinta alternando com o programa SHOW DA LUCY.

De 1984 a 1987 Chaves foi exibido com um acervo de 80 episódios ao contrário do Chapolin que de 1984 a 1990 continha apenas 24 episódios reprisados incansavelmente. Em 1988, com o sucesso de Chaves à noite o SBT compra mais um lote de episódios (40 no total) e começa a exibi-los em março de 1988. Com o sucesso os dias em que Chaves era exibido em horário nobre às 20h (terça e quinta) mudam para segunda, quarta e sexta, permanecendo o horário. Foi justamente nessa epóca que Chaves chegou a empatar em pontos de audiência com o JORNAL NACIONAL, da Rede Globo. A grande audiência só era sentida nos dias em que Chaves era exibido às 20h. E foi justamente por isso que Silvio Santos resolveu colocar Chaves de segunda à sábado às 20h.

Em 1990 acontece até que enfim uma compra de novos episódios do Chapolin Colorado. Durante 4 meses, no horário das 21h, foram exibidos os episódios do Chapolin do lote de 1990 e mais tarde seria colocado nesse horário a novela mexicana CARROSEL. 1990 também foi o ano em que foi comprado mais um lote de episódios de Chaves. Esses novos episódios foram exibidos somente aos domingos ao meio-dia enquanto que os dos outros lotes (1984 e 1988) continuavam sendo exibidos de segunda à sábado só que agora em três horários diferentes: 12h30h, 18h e 20h. O interessante é que os episódios de Chaves do lote de 1990 só permaneceram no ar por seis meses saindo posteriormente.

Em 1992 o SBT faz uma nova compra de episódios de Chaves. A partir daqui os episódios de 1984 e 1988 deixaram de ser exibidos. O único diferencial é que em outubro de 1992 aqueles episódios do lote de 1990 exibidos aos domingos ao meio-dia que saíram do ar voltaram a ser exibidos também aos domingos ao meio-dia. A partir daqui o SBT faz o que seria a última compra de episódios de Chaves que aconteceu em 1994 e seguiu com a exibição dos seriados.

Detalhe de abertura do Quinta Comédia. Em agosto de 1998 começa a ser exibido o programa QUINTA COMÉDIA pelo SBT toda quinta (é claro!!!) às 21h45h. Nesse programa eram exibidos episódios de Chapolin como uma espécie de "tapa-buraco". Durou três quintas-feiras e apesar de ser um "tapa-buraco" do SBT o programa apresentou fatos inéditos. Confira: o programa começou no dia 6 de agosto exibindo "Branca de neve e os sete tchuintchuintchunclaim" altamente cortado, depois no dia 13 de agosto exibiu as duas partes do episódio "A romântica história de Juleu e Romieta" e com o final da saga que nunca mais seria visto. No dia 20 de agosto o programa chegou ao fim com os episódios "O pintor" (a história de Leonardo da Vinci - a dublagem do episódio estava diferente) e "Chapolin em Acapulco" (foi a única vez em que o final do episódio foi mostrado. O final é um resumo do episódio com partes do mesmo ao som da música "El Chapulín Colorado").

Chamada do SBT para a exibição de Aventuras em Marte no Cinema em Casa. Chamada do SBT para a exibição de Aventuras em Marte no Cinema em Casa. E no dia 10 de janeiro de 1998 uma surpresa: o SBT exibe pela primeira vez "Aventuras em Marte". Originalmente não era um filme como o SBT exibiu, mas vários episódios do Chapolin que nunca foram exibidos dessa forma pela emissora. A última vez em que foi exibido "Aventuras em Marte" foi no CINEMA EM CASA no dia 11 de dezembro de 1999 também em forma de filme.

E de 1999 a 2000 outra façanha: Chaves, exibido à tarde, bate o programa MAIS VOCÊ da Rede Globo apresentado por Ana Maria Braga fazendo o mesmo mudar do horário da tarde para o da manhã. Em 2000 é anunciado o programa CLUBE DO CHAVES. No entanto, o anúncio do SBT era um blefe.

E foi no ano de 2000 que aconteceu uma desgraça para turma dos chavesmaníacos e chapolinmaníacos: Chapolin sai do ar pela primeira vez depois de 16 anos de exibição ininterrupta. Várias explicações foram dadas para a saída sendo a mais plausível a desculpa do horário político obrigatório. Mas quando este acaba Chapolin não retorna à grade de programação e colocam no seu lugar UM MALUCO NO PEDAÇO com Will Smith. Visto isso acabam sendo criados vários movimentos pela volta de Chapolin à programação do SBT. E a iniciativa deu certo e o seriado retornou no início de 2001 pelas manhãs de sábado. Só que algumas semanas depois Chapolin é retirado do ar.

Em meio à saída de Chapolin eis que o SBT anuncia mais uma vez o início do CLUBE DO CHAVES para julho de 2001. E enquanto esse mês não chegava uma reportagem no programa A CASA É SUA da Rede TV!, até então apresentado por Sonia Abrão, surpreendeu todos com matérias no México com o repórter Sérgio Frias entrevistando Roberto Gómez Bolaños e a filha de María Antonieta de las Nieves (fiquei sabendo dessa reportagem por outros sites, pois a Rede TV! só é vista no Estado de São Paulo). Os 9 pontos de audiência obtidos com a reportagem fez o SBT se mexer exibindo no programa SBT REPÓRTER, apresentado por Hermano Henning, uma entrevista de 5 minutos com Roberto Gómez Bolaños e María Antonieta de las Nieves. O resto do programa foi sobre locais do México e uma reportagem na Costa Rica sobre prostituição e outra no Pólo Sul. Mas o que deixou os fãs de Chaves intrigados foi o fato de passar na reportagem do SBT REPÓRTER imagens de episódios nunca mais vistos. Foram exibidas imagens dos episódios "Inseptos versão 1" e "Quem descola o dedo da bola nº 3" (na época cancelado). Por essas imagens começou a se questionar por que o SBT não exibia mais esses episódios.

Clube do Chaves. Em julho de 2001 estréia até que enfim o CLUBE DO CHAVES em um sábado. O programa é uma reunião de episódios inéditos de Roberto Gómez Bolaños do final da década de 1980 e início da de 1990 com personagens até então desconhecidos. O programa já havia sido exibido em 1997 pela CNT e deixou de passar em 1998 devido o encerramento do contrato dessa emissora com a Televisa. No CLUBE DO CHAVES foram exibidos esses mesmos episódios só que com dublagem nova e com mudança dos nomes de alguns personagens (por exemplo: o Chaparrão Bonaparte na CNT virou Pancada Bonaparte no CLUBE DO CHAVES). No início o programa tinha uma duração fixa de uma hora e depois passou a ser de 10 minutos alternando entre a exibição dos programas da tarde de sábado do SBT. Mas o CLUBE DO CHAVES começa a declinar devido a alguns fatores: a repetição de episódios e, principalmente, a não identificação do público com a dublagem diferente dos personagens e a atuação estranha dos atores. Os atores já estavam velhos e já não mais demonstravam aquela habilidade e aquela capacidade de fazer rir do período aúreo da década de 1970. Assim, o CLUBE DO CHAVES acabou em 27 de abril de 2002 dando lugar ao programa POPSTARS.

E no dia 4 de dezembro de 2001 o SBT anuncia para o dia 10 de dezembro de 2001 a volta de Chapolin às 13h. No entanto após exibidos 55 episódios no dia 25 de fevereiro de 2002 Chapolin sai mais uma vez do ar sendo substituído pelo desenho animado OS SIMPSONS. Nessa época Chaves passa para o horário das 12h30min. Era impossível ver esses episódios nesse horário (assim como em vários retransmissoras do SBT pelo Brasil) pois aqui no Piauí passa até hoje um telejornal chamado de JORNAL DO PIAUÍ no mesmo horário.

Surpresa mesmo aconteceu no dia 7 de dezembro de 2002: é exibido na noite de sábado o programa CHAPOLIN ESPECIAL. Esse programa durou apenas um sábado com a exibição de "Branca de neve e os sete tchuintchuintchunclaim" e "A romântica história de Juleu e Romieta". Ambos episódios foram muito cortados e sem o final. No sábado seguinte o programa mudou para CHAVES ESPECIAL. Esse programa substituiu o programa SABADÃO sendo os episódios repletos de cortes.

Pequena cena (criada pelo SBT na volta da exibição do Chapolin em 2002) colocada nos intervalos comerciais do Chapolin Colorado. Chapolin voltou a ser exibido no dia 30 de dezembro de 2002 no horário das 17h30min depois do programa FALANDO FRANCAMENTE. O SBT não pensou bem pois nesse mesmo horário passa a imprestável novela MALHAÇÃO na Globo. A concorrência direta com a dita novela faz no dia 10 de janeiro de 2003 Chapolin ser substituído por Chaves que em 21 de janeiro é retirado desse horário permanecendo somente aos sábados. Chapolin não sai da grade de programação do SBT e é colocado naquele horário das 12h30min. Mas no dia 21 de janeiro, precisamente em uma terça, Chapolin volta a ser exibido para todo o país. Entretanto, em julho de 2003 Chapolin sai mais uma vez do ar e não foi mais exibido.

E viria mais coisa por aí. Uma desgraça acontece em 4 de agosto de 2003: Chaves sai pela primeira vez do ar após 19 anos de exibição ininterrupta. Após vários protestos dos fãs o SBT volta a exibir Chaves em horário nobre ao estilo do CHAVES ESPECIAL: repleto de cortes absurdos. E continuam os protestos por causa desses absurdos cortes sendo que o SBT volta a exibir durante a semana Chaves e até o Chapolin em 1º de dezembro de 2003, mas não extingue Chaves aos sábados. E em Chaves reaparecem diversos episódios cancelados.

Entretanto, em novembro de 2003, Chaves começa a ser apresentado em episódios com edições absurdas de 10 minutos. Até que, para a desgraça dos chavesmaníacos, o seriado sai do ar no dia 5 de janeiro de 2004 (incluindo o CHAVES ESPECIAL) não tendo mais data para voltar. Segundo alguns diretores do SBT o seriado havia perdido muita audiência em São Paulo como em todo o Brasil. Depois dessa saída houve de tudo: promessas sobre a volta de Chaves para março ou julho e até a volta do CLUBE DO CHAVES aos sábados. Tudo blefe!!!

Mas a maior tosqueira foi o anúncio, pelo FELIZMENTE extinto PROGRAMA COR-DE-ROSA, da volta de Chaves aos sábados. Esse programa resolveu fazer uma matéria sobre o Chaves, inclusive comentando a sua volta à programação alegando que as suas "férias" haviam terminado. Isso aconteceu na terça ou na quarta, porque na quinta-feira o site do SBT anunciou uma nova mudança: ao invés de Chaves colocou aos sábados duas SESSÕES PREMIADAS com a apresentação de Celso Portiolli no espaço deixado pelo FALANDO FRANCAMENTE, já que Sônia Abrão foi para a Record. Os imbecis da emissora, tão atrapalhados, colocam a matéria no PROGRAMA COR-DE-ROSA anunciando a volta de Chaves, mas blefam e nem anunciam horário.

Depois de muito inconformismo e luta, o programa voltou com tudo, tendo mais de uma hora de duração e em um horário bastante competitivo, que é o final de tarde. A volta de Chaves foi no último dia 8 de novembro de 2004, no horário das 17h30min, com a exibição dos episódios de Acapulco, após o programa pastelão CASOS DE FAMÍLIA. Nesse horário Chaves está com uma hora e dez minutos no ar o que faz muitos chavesmaníacos estranharem essa boa atitude do SBT. A emissora está exibindo até episódios cancelados que não foram passados na última vez como o dos "churruminos" e aquele em que Chaves estraga com um chiclete o chapéu do patrão do Seu Madruga.

E não pára por aí: no dia 8 de março de 2005 foi colocado em Chaves uma imagem identificando o programa como "Classificação livre" (pode ser assistido por pessoas de todas as idades) e uma legenda com o nome do programa. Isso só é ruim para quem quer gravar o programa sem ter que ver nenhuma legenda como empecilho na tela.

No dia 23 de abril fiquei sabendo pelo site TURMA CH que Chaves poderia deixar de vez o SBT. Uma nota sobre esse fato foi publicada por Daniel Castro no jornal Folha de S. Paulo no dia 22 de abril. Segundo a nota Silvio Santos decidiu não renovar contrato com a rede mexicana Televisa pelos direitos de Chaves e Chapolin. O final do contrato de exibição é em junho. É ver pra crer.

___________________

Webmaster: Igo Ralph

Créditos da seção: Igo Ralph, site Tributo a Chespirito e Bruno Sampa.


© 2005 IGO RALPH DA SILVA CASTRO - BRASIL
Chaves, Chapolin e as demais séries são propriedades de Roberto Gómez Bolaños e de Televisa San Angel - MÉXICO
Séries surgidas na década de 1970 no México
EL CHAVO DEL 8 BRASIL - as páginas deste site são propriedades de seu criador

página inicial